Atividades e Serviços

Home » Atividades e Serviços » Iridologia / Irisdiagnose

Iridologia / Irisdiagnose

A Irisdiagnose está sendo feita em parceria com o Terapeuta Vanderlei Gurgel.

CONTATO / AGENDAMENTO: (31) 9288 1672

A Irisdiagnose como um método de análise, baseia-se em várias técnicas e na metafísica da saúde, e procura identificar tendências e padrões organizacionais do Ser, no nível bio-orgânico/biofísico e comportamental, através de sinais observados na íris, propiciando orientações específicas e o autoconhecimento.

Este método convida a pessoa a participar do seu processo terapêutico, tendo em vista que as mudanças que se fizerem necessárias terão que ser realizadas por ela mesma.

Desequilíbrios detectados pela análise iridológica afetam nosso corpo e isso se torna possível porque a íris nos permite conhecer as polaridades cerebrais, o ponto de stress, a introversão/extroversão de uma pessoa, tendências e características profissionais, padrões de relacionamentos entre casais, cronirischio (técnica italiana que nos permite conhecer a idade/período em que ocorreu um trauma e como esse trauma ainda pode estar causando ansiedade, medo, sentimentos de inferioridade e depressão).

555141_565234370176329_1602878406_n
A Irisdiagnose é uma ciência que tem como objetivo o estudo da íris e sua relação com as alterações que ocorrem com o nosso organismo, sejam elas orgânicas, metabólicas, nutricionais, nervosas, hormonais, assim como as influências psíquicas e emocionais.

O olho está formado aos 6 – 7 anos de idade e na íris ficam registrados o que chamamos de órgãos de choque ou órgãos de menor resistência, isto é, os órgãos que nasceram mais fracos. São esses órgãos que primeiro sofrem as consequências de uma agressão orgânica/comportamental (vida sedentária, estresse, desnutrição, etc). A íris é formada por fibras e é através da observação das estruturas dessas fibras e da pigmentação (sua cor) que o profissional identifica os órgãos de choque bem como os desequilíbrios no organismo /comportamento.

Todas as partes do nosso organismo estão representadas na íris que é a parte colorida dos nossos olhos e o seu estudo pode revelar muito sobre a nossa saúde, nossos comportamentos, bem como a carga genética que recebemos.

É importante ressaltar que a Irisdiagnose não é terapia e sim uma ferramenta de pré-diagnose que pode ser utilizada por profissionais da área da saúde ou outros profissionais.

Bernard Jensen (americano) desenvolveu um mapa onde nele está indicada a posição relativa de cada órgão representado na íris. A íris direita representa os órgãos que estão localizados do lado direito do corpo e a íris esquerda os que estão localizados do lado esquerdo. Por exemplo: o fígado está representado na íris direita, o baço na íris esquerda. Já a tireóide está representada nas duas íris.

A íris representa todas as partes do organismo em sua topografia.

Isso é possível graças ao Sistema Nervoso Autônomo, formado por duas cadeias nervosas: o simpático e o parassimpático. Eles enervam todas as partes do organismo e levam até o cérebro impulsos sobre a situação de cada região (Sistema Nervoso Central) e também até a íris, onde essas impressões ficam registradas.

Enquanto o método de Bernard Jensen nos possibilita analisar a íris do ponto de vista orgânico, o método Rayid, desenvolvido por Denny Johnson, nos possibilita entender as complexidades da mente humana – que molda e dá forma às nossas personalidades e relacionamentos. Com ele pode-se conhecer os tipos psíquicos, bem como introversão e extroversão, além da predominância cerebral.

O método Rayid reconhece 4 padrões, sendo 3 padrões básicos: Flor, Joia e Corrente e um quarto padrão chamado de Agitador, que é uma combinação dos padrões Flor e Joia.

Iridologia Comportamental

As pessoas que apresentam muitas fibras abertas na íris, que chamamos de pétalas, estão no padrão Flor. São emocionais, espontâneas, observadoras, fazem muitos gestos e aprendem ouvindo. São criativas. Geralmente tem habilidades para música, artes, etc.

Identificamos o padrão Joia através de pigmentação específica na íris. é como se tivesse caído um pingo de tinta sobre a íris. Uma mancha marrom. Esse padrão indica uma pessoa intelectual, com muito talento para a análise e verbalização, mas pouca flexibilidade para mudanças.

Identificamos um padrão Corrente quando a íris tem suas fibras penteadinhas, com poucos sinais. A palavra que melhor descreve o Corrente é sensibilidade – sensibilidade física, mental e intuitiva. Ela é como um imã para tudo que funciona a sua volta. Imagine um Corrente com milhares de bigodes de gato tateando em todas as direções. A menor mudança ou incidente é imediatamente sentida por ele, que é sempre “to” por tudo. O corrente é um radar ambulante.

Já o tipo Agitador é identificado por possuir uma combinação dos sinais dos padrões Flor e Joia. São extremistas. O padrão clássico do Agitador é o grande sucesso e o grande fracasso. A dedicação e a lealdade são as suas marcas. Em geral são inventores, exploradores ou motivadores. Eles são entusiastas. Podemos dizer que vieram para mudar o mundo.

O corpo informa, claramente, as nossas fragilidades / potencialidades e a Irisdiagnose é uma excelente ferramenta para identifica-las. A Irisdiagnose, como ferramenta de pré-diagnose, possibilita ao profissional agir de forma preventiva e corretiva utilizando fitoterapia, acupuntura, cromoterapia, psicologia e porque não, alopatia, dependendo da sua habilitação/especialização (médico, psicólogo, terapeuta, psicoterapeuta, fitoterapeuta, entre outros). é também importante ressaltar que a iridologia não substitui exames laboratoriais, mas facilita na sua escolha.

imagesCABOW94X

Bibliografia:

– Iridologia Total – Celso Battello- Ed. Ground

– Iridologia e Irisdiagnose – Celso Battello – Ed. Ground

– Iridologia Integrada – Gurudev Singh Khalsa – Ed. Madras

– O Olho Revela – Denny Johnson – Ed. Ground